Pular para o conteúdo

5 opções de pomadas para foliculite

pomadas para foliculite

Existem vários tipos de foliculite que se manifestam em diferentes regiões do corpo, por isso a grande variedade de medicamentos para o seu tratamento. Mas você saberia dizer quais seriam as melhores pomadas para foliculite?

Partindo do princípio de que a condição é muito comum entre homens e mulheres, é importante entender sobre todas as opções de pomadas disponíveis antes de escolher uma delas. 

Isso porque cada opção deve tratar a condição de acordo com o tipo de foliculite e região acometida.

Afinal, por mais variadas que sejam as opções disponíveis de tratamento com pomadas específicas, nenhuma delas será eficiente se não for indicada para a causa e região correta.

A foliculite é uma inflamação na pele causada por infecção bacteriana ou fúngica, mas também pode ser viral, provocada por vários patógenos diferentes, além de ser potencializada por excesso de suor, trauma na região, fricção, ressecamento e obstrução dos poros da pele, que desencadeiam o encravamento dos pelos e agravamento da condição.

Sendo assim, o seu tratamento correto é fundamental.

Veja abaixo as 5 melhores opções de pomadas para foliculite!

Como saber se é mesmo foliculite?

Dermatologistas pelo mundo afora definem a foliculite como uma inflamação dos folículos pilosos (base de crescimento dos pelos) na superfície da pele.

Ela provoca pequenas lesões cutâneas semelhantes à erupções avermelhadas (bolhas vermelhas), parecidas com espinhas, contendo pus (pústulas) ou não, na base dos folículos pilosos, onde saem os pêlos. 

A foliculite pode se manifestar em qualquer região da pele coberta por pelos, mas costuma ser mais comum no rosto (região da barba e pescoço), virilha, costas, pernas, nádegas e couro cabeludo (mais raramente).

Em casos mais comuns, a infecção costuma ser superficial, mas também pode atingir locais mais profundos da pele, provocando a formação de furúnculos, manchas na pele e cicatrizes por conta das lesões.

Quando superficial, costuma ir embora assim como veio, permanecendo apenas por alguns dias e causando coceira, alguma dor leve e irritação na pele no local das lesões.

Porém, quando recorrente e profunda, pode acometer áreas maiores do corpo, agravando os sintomas, como aumento de dor e febre.

Neste caso, recomenda-se procurar um dermatologista o mais breve possível para fazer um melhor diagnóstico e indicar o tratamento mais eficiente para o seu caso, como por exemplo, pomadas para foliculite específicas.

Causas da foliculite (fungos e bactérias)

Na maioria dos casos, a foliculite é causada por uma infecção viral, bacteriana ou fúngica, principalmente pela bactéria do tipo Staphylococcus aureus (estafilococo) ou Pseudomonas aeruginosa.

Porém, outras espécies de bactérias, vírus e fungos também podem causar a condição.

Outras condições também podem causar o seu agravamento, como o uso indevido de lâminas de barbear, roupas muito justas ou tecidos que impedem a pele de respirar ou de dissipar a umidade e calor.

Além disso, constantes escoriações na pele, feridas cirúrgicas, picadas de insetos, acne e dermatite, bem como o uso tópico e contínuo de cremes esteróides e de antibióticos também podem prejudicar a estrutura dos folículos pilosos, desencadeando a condição.

Casos mais comuns de foliculite superficial, por exemplo, podem ter início em uma agressão ou atrito na região que inflama o folículo. Um exemplo é a depilação feita com lâmina na direção contrária do crescimento do pelo.

Sendo assim, os principais fatores que podem causar ou desencadear a foliculite são os seguintes abaixo:

 

  • Deixar aparelho de barbear em local úmido;
  • Oclusão dos poros por roupas muito justas, apertadas, e abafadas, que prejudicam a respiração da pele e retém o suor;
  • Barbear com lâmina muito usada, suja e na direção contrária dos pelos;
  • Depilação com cera quente;
  • Picadas de insetos (principalmente pessoas alérgicas);
  • Acne ou dermatite;
  • Pelos encravados;
  • Uso prolongado de medicamentos orais ou tópicos como corticóides ou antibióticos;
  • Diabetes;
  • Produtos que irritam, descamam ou desidratam a pele (cremes ou desodorantes não específicos para o seu tipo de pele);
  • Fazer uso de banheiras ou piscinas com níveis de cloro e de pH desregulados;
  • Feridas, cortes e cicatrizes mal curadas;
  • Obesidade ou excesso de peso;
  • Hiperidrose (suor excessivo);
  • Outros problemas cutâneos já pré-existentes.

Tratamentos com Pomadas para Foliculite

Como vimos, a foliculite possui muitas as causas diferentes, assim como tipos de manifestações, que devem ser tratadas de acordo com a região acometida e seu agente causador, bem como o nível da inflamação.

Portanto, cada tipo de foliculite deverá ser tratada de maneira diferente, seja através de pomadas para foliculite específicas e até com mudanças de hábitos de higiene.

Os medicamentos tópicos e orais, geralmente são formulados com esteróides, antibióticos, corticóides e/ou antifúngicos na composição, ou com uma combinação de uma ou mais substâncias para maior eficácia e poder de ação.

O ideal é que o tratamento seja iniciado assim que surgirem os primeiros sintomas, a fim de evitar o agravamento da inflamação ou que a condição atinja outras regiões do corpo ou se aprofunde na pele.

Em qualquer caso, o ideal é consultar um dermatologista assim que possível para que ele faça logo o diagnóstico e prescreva a melhor opção de pomada para foliculite ou qualquer outro medicamento para ser utilizado em conjunto, específico para o seu caso.

Pomadas para foliculite corticóides

As pomadas para foliculite formuladas com corticosteróides e esteróides, geralmente são administradas junto com anti-histamínicos orais, como no caso do tratamento da foliculite eosinofílica.

Apesar da sua causa ser desconhecida, acredita-se estar envolvida com o mesmo fungo responsável pela foliculite pitirospórica. 

Por isso, as pomadas corticosteróides são as melhores opções de tratamento, como por exemplo, a acetato de dexametasona ou valerato de betametasona.

Casos mais graves, por exemplo, se faz necessário entrar com a medicação oral também, como um medicamento anti-histamínico. 

Pomadas para foliculite antibióticas

Pomadas para foliculite antibióticas costumam ser indicadas no caso da foliculite estafilocócica, sycosis barba e foliculite gram-negativo, pois são medicamentos próprios para infecção bacteriana. 

Em casos graves de desenvolvimento de furúnculos e carbúnculos se faz a drenagem da infecção e administração de antibióticos para alívio dos sintomas.

Um exemplo de pomada para foliculite antibiótica é a Bactroban, que possui como princípio ativo a mupirocina, um antibiótico específico para o tratamento tópico de infecções de pele causadas por microorganismos sensíveis à mupirocina.

Pomadas para foliculite antifúngicas

No caso da foliculite causada por bactérias ou fungos, indica-se o uso de sabonetes e shampoos anti fúngicos, além da pomada, desde que compostos por Cetoconazol. 

É o caso da foliculite Pitirospórica, por exemplo, que pode ser tratada com pomada para foliculite antifúngica, além de medicamentos orais.

Pomadas para foliculite anti-inflamatórias

Os casos de foliculite superficial podem ser tratados com apenas loções calmantes para aliviar os sintomas de coceira, pomadas e cremes e loções hidratantes para manter a pele hidratada e produtos antissépticos para evitar a proliferação de microorganismos.

No entanto, as inflamações podem ser diminuídas e aliviadas com pomadas anti-inflamatórias, como no caso de foliculite por pseudomonas, capazes de aliviar a coceira e diminuir a inflamação das lesões.

 

Pomadas para foliculite de hidroquinona

A substância Hidroquinona composta em alguns cremes e pomadas é normalmente indicada para o clareamento gradual de melasmas ou cloasmas, melanose solar, hiperpigmentação cutânea por produção excessiva de melanina.

A foliculite mais profunda, que costuma deixar marcas e manchas escuras na pele, chamadas de hipercromias pós inflamatórias, podem ser bastante melhoradas com essa substância.

No entanto, a pomada de hidroquinona não é formulada especificamente para tratar a condição, apenas melhorar a aparência das lesões causadas por ela.

 

 

5 principais marcas de pomadas para foliculite

Agora vamos abordar as 5 principais pomadas para foliculite encontradas no mercado e prescritas por dermatologistas. Existem opções além destas, mas por não possuírem relevância, não vamos trata-las por aqui. Caso tenha dúvida sobre qualquer uma delas, pergunte ao nosso time de especialista no WhatsApp.

Nebacetin para foliculite

Há quem utilize a pomada Nebacetin para foliculite. No entanto, embora o Nebacetin seja um medicamento popular, indicado para o tratamento de infecções da pele e/ou de mucosas, causadas por diferentes bactérias, não é o mais apropriado para foliculite. 

Apesar de ser uma pomada antibiótica e antibacteriana, existem outros medicamentos mais eficazes para essa finalidade.

Trok-N para foliculite

Apesar da pomada Trok-N conter cetoconazol em sua composição, e ser indicada para o tratamento de doenças de pele, que exigem ações antiinflamatória, antibacteriana e antimicótica, ela é mais indicada para dermatites sensíveis causadas por germes, como micoses.

Embora possa até combater infecções bacterianas, ela não é uma pomada para foliculite específica para o seu tratamento.

Minâncora para foliculite

Há quem utilize a famosa pomada Minâncora para tratar foliculite, mas ela é mais recomendada para secar as espinhas, frieiras, assaduras, pequenas queimaduras e escaras. 

Ela também ajuda no tratamento de picadas de insetos, urticária e pequenos ferimentos na pele como cortes no barbear, mas não é uma das melhores opções de pomadas para foliculite especificamente.

Verutex para foliculite

A pomada ou creme Verutex (Ácido fusídico) é indicado para o tratamento de infecções da pele causadas por estafilococos, estreptococos ou outros germes sensíveis à substância ativa.

Portanto, pode ser indicada ao tratamento de impetigo, sicose da barba, furúnculos, antraz, eritrasma, foliculite de causas fúngicas, acne, paroníquia e hidradinite.

Mas lembre-se, utilizar todas estas opções de pomadas para foliculite, que não possuem uma composição específica para a condição, agente causador ou local de acometimento não será eficiente, visto que já existem opções de pomadas para tratamentos específicos para foliculite, capazes de tratar a condição com mais segurança e eficácia comprovada.

Tend Skin para foliculite

Tend Skin é a marca preferida dos dermatologistas atualmente. É uma marca que possui mais de 40 anos de mercado e é vendida em mais de 20 países. Por ter chegado recentemente ao Brasil, ainda é um pouco difícil encontra-la em farmácias físicas, mas é facilmente encontrada na internet e pode ser adquirida com segurança diretamente no site do importador: Tend Skin Brasil.

A loção Tend Skin possui eficácia para todos os tipos de foliculite e segurança comprovada pela FDA e Anvisa. Os resultados são perceptíveis desde a primeira semana de aplicação.

Mais
artigos

Inscreva-se na nossa newletter e para acompanhar todo o conteúdo sobre as

Doenças da Pele!